Search
×

Sign up

Use your Facebook account for quick registration

OR

Create a Shvoong account from scratch

Already a Member? Sign In!
×

Sign In

Sign in using your Facebook account

OR

Not a Member? Sign up!
×

Sign up

Use your Facebook account for quick registration

OR

Sign In

Sign in using your Facebook account

Shvoong Home>Social Sciences>Political Science>http://www.chathamhouse.org.uk/publications/papers/view/-/id/390/ Summary

http://www.chathamhouse.org.uk/publications/papers/view/-/id/390/

Website Summary   by:Rosa Rio    
ª
 

* As relações económicas e políticas entre a Europa e a Índia estão assentes
neste momento em bases bilaterais entre os paises individuais, e não com UE
como entidade negociadora, com prejuizo para a UE e para a Índia.
* Falta à Europa uma visão estratégica, e para a Índia está no fundo da lista de
parceiros na sua visão estratégica multipolar e da geometria do futuro das relações
internacionais.
* A Índia olha ao modelo europeu como fonte de inspiração para uma
maior cooperação económica regional na Asia, e em particular, ao Euro como
uma manifestação do sucesso impressionante nesse contexto. Vê todavia
a posição da Europa nas próximas duas décadas como muito dependente da
sua capacidade para construir uma política de defesa comum, começando com
maior cooperação entre o Reino Unido e a França. Também deseja ver o Reino Unido
na zona euro, e um melhor relacionamento com a Russia.
* A Europa não tem grande atracção para a India, quando comparada com os EUA.
A maioria dos indianos olha para a Europa como “socialmente e culturalmente
fechada”, mas que se mantem aberta somente para o exotismo turístico da Índia.

- K. Lisbonne-de Vergeron.

* [Karine Lisbonne-de Vergeron é formada na London School of
Economics, HEC-Paris e Bocconi University Milan. É especialista em Relações
Internacionais e Política Europeia, com interesse especial nas questões
de identidade cultural. ]

Published: June 10, 2008   
Please Rate this Summary : 1 2 3 4 5
Translate Send Link Print
X

.